Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 26 de abril de 2010

O ESPIRRO

Habitualmente vêm em séries de dois ou de três, ou trinta. Às vezes basta pôr os pés fora da cama e a sinfonia começa. Dá aquela comichão no nariz, incontrolável e precipitada, e não vale a pena contê-lo. Se há tempo, ainda se põe o lenço ou a mão diante do nariz para impedir que aquele aerossol de perdigotos se espalhe diante de nós e sempre diminui, um pouco, a sonoridade do "atchim", que pode ser mais do tipo trombone "atchooom" ou, na  escala oposta, de tipo prato de bateria "atchiiiim", mais metálico. Se não se quer que seja barulhento, há quem aperte o nariz, abortando o espirro mas ficando a ver luzes, estrelinhas e moscas volantes, mesmo com os olhos fechados.

O que não há dúvida é que os espirros são incómodos, perturbam, causam mossa e podem ser traumatizantes.

Nesta altura da primavera não há alérgico aos pólenes que não ande com o lenço de papel na mão, com o frasco do nebulizador nasal e com os comprimidos dos antihistamínicos no bolso ou na carteira, pronto a aplicar ou a tomar, sempre que a comichão, os espirros e os olhos irritados e a lacrimejar obrigam a tal.

Quando se espirra é habitual a réplica do "santinho", ou "Deus te guarde", tal e qual como "saúde", "viva" ou outra coisa parecida. Há sempre uma história por detrás disto que não vale a pena estar aqui a contar. Em qualquer enciclopédia se encontram milhares de histórias a explicar o motivo da réplica ao espirro.

Cá na nossa terrinha portuguesa o "santinho" prevalece, não sei se é porque tem o "inho" que nos caracteriza - um cafézinho, um bolinho, é só um instantinho, estou  pronto em dois minutinhos, ai ela é um bocadinho apoucadinha... - o certo é que soa melhor dizer santinha ou santinho, do que santa ou santo. Até parecia mal, chamar assim santo ou santa a alguém, nem o próprio levava a sério, mas se fôr santinho... escapa!

Só não sei é o que dizer a um governante, deputado, gestor corrupto ou quejando, quando espirra: diabinho? corruptozinho?, vendidinho? aldrabãozinho? vigaristazinho?

O melhor é ficar por aqui... não comecem a espirrar todos ao mesmo tempo e depois não há "inhos" que cheguem para todos!

Sem comentários: