Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

OS TÁXIS

Com estas manifestações de selvajaria, de agressão, de desnorte, de medo que provocam nas pessoas, os taxistas estão a perder toda a pouca razão que poderiam ter.

Quem agradece é a UBER que vai ganhando mais simpatias, mais clientes e mais força no mundo do transporte privado...

Comigo não contem para alimentar a fonte de rendimento desse Florêncio almeida que devia era estar a varrer as ruas de Lisboa, isto sem ofensa para os "Almeidas" desta cidade que se esforçam por mantê-la limpa.

Depois deste espectáculo de vergonha o que é que esperam? Simpatia? Apoio da população? Vivas?...

Tomem banho, penteiem-se e tenham o cabelo alinhado, vistam-se de forma decente, limpem os carros, baixem o som da telefonia, ponham ar condicionado, sejam corteses, não aldrabem nos percursos, sejam civilizados...

Estamos no século XXI, não estamos num pós-grande guerra do século passado...

Viram os carteiros a fazer greve, ou a bloquearem as ruas por ter aparecido o e-mail?

Viram as casas de fotografia a destruírem os smartphones ou a partirem vidros por ter aparecido a fotografia digital?

Sejam espertos, se tiverem capacidade para isso, e adaptem-se aos tempos modernos... criem plataformas, modernizem-se!

 

Acordem para a realidade!

terça-feira, 4 de outubro de 2016

ENTÃO? JÁ NÃO HÁ GREVES?

ENTÃO? JÁ NÃO HÁ GREVES?

O Metro de Lisboa, que até ao ano passado funcionava mais bem do que mal, desde há uns meses que não funciona... são menos composições em cada comboio, são os intervalos que se alongam, o material que está degradado e não substituído... Agora já nem há os bilhetes a sair das máquinas automáticas e há estações onde não é possível adquirir bilhetes. Até ao ano passado, quase que todas as semanas a Intersindical dava Ordem para que houvesse uma greve para lixar o pessoal trabalhador... Agora a Intersindical e os seus chefes comunistas do PC estão caladinhos... não tugem nem mugem...

A Carris quase que idem... e os sindicatos, sempre afectos ao PC, de bico calado... nem um protesto, ou uma ameaça...

As Escolas começaram com alguns problemas e o comuna, chefe da fenprof, aquele de bigode estalinista ou hitlerista, não sei bem, que nunca deve ter sido professor de nada, só de sindicalismo comunista, também deve ter perdido a fala e o entusiasmo em partir a loiça toda...

Até parece que vivemos numa república feliz.. sem problemas, sem conflitos, com abundância de tudo.

O melhor, acho eu, uma vez que os sindicatos não fazem nada... que acabem e ponham os chefes a trabalhar... as caras são sempre as mesmas... alguns são os mesmos desde o 25 de abril... não produzem nada para o país... que trabalhem ou se reformem...

Mas, enquanto não acabam ou se demitem, ao menos façam uma greve... de qualquer coisa contra qualquer coisa... É que já estou a ter saudades duma grevezita dessas, com cartazes distribuidos pela intersindical, as cornetas a apitar, as célebres palavras de ordem do "abaixo a reacção", "o povo unido"... e os autocarros das câmaras comunistas cheias de povo arrebanhado para um passeio a Lisboa...

segunda-feira, 20 de junho de 2016

LUA CHEIA




Hoje, a Lua Cheia entrou com o Verão! E entrou ainda o sol estava acima do horizonte... De um lado a Lua e do outro o Sol a reflectir-se nas janelas do prédio que escondia a Lua!

O Verão portou-se bem, hoje! Aqueceu os corpos e a alma! E, pelos vistos, a prometer calor que tanto tem faltado por aqui!...

Calores de outro género, sim! Muitos calores... ele é a política, ele é o futebol, ele é os escândalos financeiros, ele é quase tudo!

Mas calor deste, o calor solar, tem sido raro. É preciso aproveitá-lo bem! sem exageros, claro! Porque, se não, lá aparecem as queimaduras solares, o cancro da pele, as insolações...

Por isso, o proveito tem que ser "proveitoso" e bem aproveitado porque, com este tempo maluco, nunca se sabe quando é inferno ou é inverno, quando arrefece ou aquece, quando está seco ou molhado, quando venta ou o ar está parado...

Fica a fotografia, "in real time", acabadinha de entrar na posteridade!

Raul de Amaral-Marques

A LUA CHEIA em noite de Solstício!