Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, 7 de agosto de 2010

SIMPLICIDADE

"... corta o tomate em pedaços de tamanho médio, junta-se ao azeite e à cebola cortada às rodelas, que já estão a refogar na panela e deixa, assim, o estrugido uns dois a três minutos, com a tampa, para que o tomate sue convenientemente.

Nessa altura, junta a água que, entretanto tinha a ferver, assim como uma pitada de sal e pimenta acabada de moer.

Deixa tudo novamente a ferver, lentamente, uns cinco a seis minutos.

Está na altura de adicionar os ovos. Pode colocá-los inteiros ou levemente batidos com uma varinha que depois adiciona, em fio, no caldo fervente, mexendo com uma colher de pau.

Veja se está bom de sal e pimenta.

Depois, é só servir em pratos fundo, nos quais coloca uma fatia de pão duro..."

Foi assim que lhe ensinaram a receita.

Resolveu, alterar um pouco e, em vez do pão e do ovo, meio escalfado, colocou no prato figos, previamente descascados, já cortados aos quartos. 

A sopa estava deliciosa. O quente daquele caldo balanceava com o frio do figo, que tinha estado umas horas no frigorífico, o acídulo do tomate era anulado pelo adocicado do figo, tudo num equilíbrio de sabores, de texturas, de aromas muito agradável ao paladar.

Ficou bem! Já não precisou de comer mais nada.

1 comentário:

Anónimo disse...

és o maior......