Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, 8 de maio de 2010

QUAI D'ORSAY

E lá fui, hoje, ao Museu do Quai d'Orsay ver a exposição de pintura de Jacob Meijer de Haan.

Quando se tem tempo, quando não temos as horas atrás de nós, quando preparamos a visita a uma exposição, aprendemos sempre muito mais do que o simples olhar nos mostra. Foi o que fiz desta vez, preparei-me para apreciar a meia centena de quadros e gravuras que constituem o acervo desta exposição. Até comprei um livro biográfico sobre este pintor impressionista holandês.

O quadro que mais me gostei foi este aqui ao lado - Marie Henry amamentando a filha Ida.
Este quadro parece ser o culminar de uma história curiosa:  de Haan, fez-se amigo de Gauguin, de Pissaro e de van Gogh, em Paris. Mais tarde, juntamente com Gauguin, decidiu ir para a Bretanha, ficando em Pouldu, onde de Haan teve uma ligação amorosa muito intensa com Marie Henry, a proprietária do café-restaurante-pensão, situado à beira-mar, chamado "Buvette de la plage", onde de Haan e Gauguin estiveram alojados. Não sei se a filha Ida que Marie Henry amamenta não será filha de ambos. Como paga da estada de Haan e Gauguin cobriram as paredes da sala de jantar com murais impressionistas.
Provavelmente por falta de dinheiro, de Haan, teve de regressar a Amesterdão, e nunca mais viu Marie Henry, mas antes de morrer, deixou-lhe em testamento todos os seus quadros.
Depois de grandes transformações, o Café-Restaurante "Buvette de la plage" voltou a ter as paredes pintadas  com reproduções das pinturas originais feitas por de Haan e Gauguin. 

Acho que deve merecer uma visita.

Qualquer dia vou lá!

Sem comentários: