Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

AGENDA

Ganhou uma agenda para o próximo ano.

Era uma agenda especial, não tinha meses, nem semanas, nem dias, nem horas.

Era uma agenda cheia de páginas em branco onde havia, pelo meio, umas páginas com excertos de poemas, outras preenchidas com desenhos ou reproduções de aguarelas, outras, ainda, com pensamentos, mas nada de horas, horários, datas, feriados, nem festas móveis.

Tinha sido uma prenda de aniversário, esta agenda dos descompromissos, das desmarcações, das desreuniões, dos desagendamentos...


Nesta agenda vai poder assinalar os momentos de paz, as horas de amor, as ocasiões de lazer, os dias de felicidade, os tempos de sonhar... de andar de braço dado com a boa disposição, de saltar à corda com a alegria, de se esticar de preguiça, de passar a tarde com um livro, de passear a máquina fotográfica pelo mundo, de arregalar os olhos num museu,  de se sentar na poltrona de um cinema, de se deliciar a ouvir um concerto, de ir jantar com os amigos...

Assim, sempre que lhe surgir uma ideia, um pensar, um sentir,  um desejo, uma necessidade vai poder anotar, escrever, desenhar... mas, sobretudo, descompromissar, desmarcar, desreunir, desagendar, desfrutar, discordar, disfarçar, disparatar, distrair-se, gozar...




Sem comentários: