Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 19 de julho de 2010

AGORA SÃO CINCO

O Molinho deixou-se adormecer! Era o mais parado deles todos. Mais pequeno que os irmãos e mole, mesmo.
Já o veterinário tinha dito que este, provavelmente, não iria sobreviver. Tinha razão!
Esta manhã, na hora de lhes ir fazer a cama de palha, lhes mudar a água e levar o Maxilase à Zá Zá, o Molinho estava deitado a um canto, irremediavelmente quieto, com a Ginja a lambê-lo, diria a chorar!
Nunca pensei que esta Ginja, sempre estouvada, meia doida, fosse uma mãe tão dedicada. 
Pedi ao Xico que o enterrasse, ao lado do Dandy, que morreu afogado no tanque num dia de imensa chuva.

Sem comentários: