Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 30 de março de 2010

A LENA

Hoje voltei à Lena, na Ortiga, perto da barragem de Belver.
A especialidade de "A Lena" é a lampreia. E, desde já digo que não vou dizer que é a melhor lampreia do mundo.
Isto porque, cada apreciador de lampreia, ou de cabeça de garoupa, ou de leitão sabe sempre de um tal restaurante onde essa iguaria é a melhor do mundo.
A cada cabeça seu paladar e, depois, o paladar varia com o humor daquele dia, com a companhia, com o que cada um está a pensar e, claro também, e imenso, com o talento do cozinheiro.
O restaurante "A Lena" é, por assim dizer, uma tasca; fica num apeadeiro do caminho de ferro, muito perto da barragem e do rio Tejo e é ladeado por um braço de água dessa barragem que forma, ali, uma praia fluvial. É uma casa sem nada de atractivo em termos de arquitectura ou de conforto mas que, nesta época da lampreia, fica  cheia como um ovo. Aos fins de semana, a partir de sexta feira, nem vale a pena lá ir, tal a romaria de lampreiófilos.
Cumpro esta tradição há mais de vinte anos. Fui lá pela mão de um grande amigo e fiquei fiel desde essa altura. Como disse, não vou dizer que é a melhor lampreia do mundo porque não sei se há outra melhor. A de hoje estava divinal, cheia de ovas, de bom tamanho, macia, a lascar-se com o tocar do garfo e com um molho de pedir pão para ensopar. O arroz, cozinhado naquele molho, estava perfeito. O vinho até era bom, apesar de não ser do verde tinto mas, como dizia um poeta que conheço:
 "Copos de bom vinho tinto,
   pelo menos, serão três!
   manda a regra, e eu não minto:
   beber um de cada vez!"
 O café e o bagaço completaram esta refeição quase sublime.

Hoje saí dali satisfeito, pela companhia de bons amigos, pelas conversas boas havidas e pelo renovar de sabores que a Lena sempre sabe pôr no meu paladar! 

3 comentários:

Anónimo disse...

Meu caro Raúl. Tens três vezes razão:
- em primeiro lugar a lampreia estava excelente
- em segundo lugar a (tua) companhia foi igualmente excelente...
- ... e de facto conheço um restaurante (tasca como a LENA)que, enquanto não comer uma melhor, serve a melhor lampreia do mundo. Nem sei o nome; sei que é numa terrinha chamada Madorna, lá para os lados da Parede e mesmo sem GPS consigo lá chegar...eu que não me entendo lá muito bem com os subúrbios.
Aqui vai um abraço amigo do Jaime Pina

Luis Silva disse...

Como posso chegar a esse restaurante, uma vez que gosto imenso de lampreia?

Luis Silva disse...

Como encontrar esse restaurante uma vez que gosto imenso de lampreia?