Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

VOLUNTARIADO

Cada vez se torna mais necessário o voluntariado.

É uma questão de solidariedade, de entrega, de dádiva, de disponibilidade, de amor ao próximo.

O voluntariado é mais uma forma de evidenciar a importância dos valores, os mesmos valores que, tantas vezes, estão ausentes nos actos e nas atitudes das pessoas. Os valores que, tantas vezes, são lembrados pela sua falta...

Agora que, daqui para a frente, a vida vai doer para muitos, que vai deixar de haver dinheiro para pagar as dívidas e os créditos feitos ao desbarato, que vai deixar de haver dinheiro para comprar comida, que vai haver mais desemprego, o voluntariado vai ser um dos bens mais importantes e necessários.

Hoje houve muitos apelos, até do próprio Presidente da República, para o despertar do voluntariado nas pessoas...

Acho que ninguém, que sabe o que são os valores morais e do espírito, fica indiferente ao apelo e à realidade.

Só não vejo, nem imagino, os Limas, os Loureiros, os Varas, os Isaltinos e outros tantos, que tão hábil e influentemente souberam desviar para as suas contas bastantes milhões de valores materiais a, voluntariamente, exercerem essa forma de voluntariado.

Pode ser que um dia, brevemente quem dera!, a justiça se faça e esses milhões que andam por aí nas mãos desses indivíduos ou em nome de sociedades duvidosas, em "offshores" e paraísos fiscais, voltem para os cofres do Estado e se faça uma melhor distribuição da riqueza.

1 comentário:

Anónimo disse...

O voluntariado é fundamental. Mas, infelizmente, a vida não permite a promoção de valores efectivamente Humanos...

Beijinhos
Berta