Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

SETEMBRO

Entrou com chuva, com vento, mas sem frio.

(Farol do Cabo de São Vicente - 2010)

Foi assim que começou este Setembro, cada vez a afirmar-se mais como o mês do outono, o mês em que se nota já o encurtar dos dias, em que o arrefecimento das noites começa a pedir uma manta ou cobertor na cama e em que a roupa passa a ser de "meia-estação".

É o mês das vindimas, das colheitas, o mês em que os campos começam a ganhar os tons pastel dos castanhos, dos amarelos e dos dourados, o mês que inaugura o cair das folhas.

Pelas cores, pela serenidade, pela luz, pelos amanheceres esbatidos, pelos crepúsculos suaves, pelo recolhimento que nos remete, o mês de Setembro tem um carisma muito especial.

 


2 comentários:

Lacão disse...

Festas do Reguengo. Começam amanhã!!!

Anónimo disse...

Seria MUITO bom que o Setembro se mantivesse fresco, mas parece que o calor volta já na 2ª feira...

Beijos
Berta