Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 14 de agosto de 2011

COR DE ROSA

A tarde findava, o crepúsculo anunciava um amanhã tranquilo e quente, e os dois, sentados naquela mesa redonda na varanda da Quinta, pegaram nas taças e brindaram, com verdadeiro Champagne Rosé, ao presente, ao amanhã, a um futuro cor de rosa, a um futuro da cor da nuvem que se formou diante deles enquanto se olhavam olhos nos olhos e se prometiam.
(Fim de tarde no Alentejo - Agosto de 2011)


2 comentários:

Anónimo disse...

Podia ser o início de um romance doce. Viria a ser famoso!!
Beijos
Berta

isabel mendes ferreira disse...

saudadesssssssssssssssssssssssss!





que fim de tarde doce! rosa do céu. beijoooooooooo.