Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 5 de junho de 2011

O VOTO

Dizem que eram as eleições mais importantes depois do 25 de Abril, não por questões da democracia em si, mas por questões de sobrevivência nacional. É que o partido socialista, que esteve a (des)governar este país durante uma data de legislaturas, deixou-o de tal forma na penúria, que esta nação, a mais antiga da Europa, corre risco de sobrevivência da sua independência nacional.

Fizeram-se muitas tropelias, a justiça ficou dependente do poder político, a informação ficou debaixo das garras do primeiro ministro, as parcerias público-privadas privilegiaram, de sobremaneira, os poderosos, os escândalos foram todos abafados, afastaram-se jornalistas  incómodos... viveu-se uma verdadeira ditadura sob a capa de um "socialismo democrático".

As eleições vieram acabar com esta podridão e levaram a uma derrota do partido socialista, a um despedimento do secretário-geral e ex-primeiro ministro, o sinistro sócrates. Uma despedida "comovente", quase a pedir lágrimas, ou seriam bagas de suor que lhe escorriam pela cara abaixo?, num adeus que me afasto da vida política e da vida pública...

E sai assim? sem ser julgado por todo o mal que fez? pelo descalabro económico em que nos deixou? sem ser verdadeiramente investigado pelos casos de suspeita de corrupção em que está envolvido e que o "seu" procurador geral de justiça mandou encerrar? sem se esclarecer a sua licenciatura "forjada" em engenharia?

Ficamos agora à espera que este governo actue com transparência, com verdade, com informação livre, com justiça cega, com trabalho honesto, com rigor económico.

Para isso, os partidos ganhadores tiveram o voto de mais de 50% do povo.

Agora é só cumprirem, com lealdade, as funções para que se candidataram!

4 comentários:

annie hall disse...

"Agora é só cumprirem, com lealdade, as funções para que se candidataram!".....porque será que a amarga sensação de que isso não vai acontecer é tão pesada......:(
Por isto ou por aquilo , dificuldades...ambições pessoais ....não consigo acreditar que dentro de um ano algo esteja melhor ou pelo pelos exista mais esperança . Eu votei no CDS , podia ter votado PSD ou no Partido dos animais , o resultado ia ser o mesmo:(

Anónimo disse...

Porque será,que as MULHERES têm uma sensibilidade tão apurada??
Essas sim,deviam governar o País!

Anónimo disse...

Daqui...Woody Allen, Bom Dia!!

Anónimo disse...

Eu acredito na mudança!!

Bjs