Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 16 de junho de 2011

AMARELOS

Aproveitou o dia quente e deixou-se ficar em casa. O ar condicionado proporcionava-lhe a amenidade de temperatura que desejava e a piscina, com zonas de sombra do arvoredo à sua volta, era o outro local onde podia defender-se do calor exagerado daquele dia.

Andava a construir um "puzzle" gigante de um quadro de Van Gogh, com girassóis dispostos num jarro, difícil de montar devido à enorme profusão de amarelos e ao conjunto de flores, quase umas pegadas às outras.


Gostava muito de Van Gogh, da sua pintura, das cores, da textura e dos motivos. A série dos girassóis, característica da obra de Van Gogh, é reconhecida em qualquer parte do mundo. A maior parte desta série foi pintada em 1888, em Arles, enquanto aguardava a chegada de Paul Gauguin, na famosa “Casa Amarela”.

Nestas obras o artista, ao contrário dos grandes períodos de angústia e depressão, revela uma sensação de felicidade, explorando a sua cor favorita, o amarelo.

O amarelo do sol forte daquele dia, que ia fazendo com que os girassóis do seu quintal fossem virando a face à procura da luz, também o ia deixando especialmente feliz...

1 comentário:

Anónimo disse...

Como eu gosto de amarelo!!
Beijos