Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 4 de abril de 2011

VER AS MONTRAS

Chegara atrasada à Consulta!

Não era de admirar, naquela manhã o sindicato dos trabalhadores da Soflusa resolveu, mais uma vez, fazer greve, e lá ficaram parados os barcos do Barreiro e, por uma terrível coincidência, o sindicato dos trabalhadores do Metro, idem idem, aspas aspas.

São os sindicatos dos trabalhadores dos transportes a tramarem a vida aos outros trabalhadores. A não devolverem o dinheiro do passe e dos bilhetes, a não pagarem o subsídio dos transportes que é cortado aos outros trabalhadores - que se vêem obrigados a chegar atrasados ao trabalho, apesar de se terem levantado duas horas mais cedo que o habitual -, a diminuírem a produtividade empresarial, a lixarem, ainda mais, os que trabalham e que, se não fossem estes a usar os transportes públicos e a pagarem mensalmente o passe, aquela gente nem sequer emprego tinha.

Claro que tudo é feito em nome do povo que trabalha, na defesa dos interesses da classe operária, contra o patronato, o capitalismo, o imperialismo americano, e aquela conversa toda de cassete estafada de tantos anos desde 1974.

A dona Maria Isabel, essa, como também já está na pré-reforma, aproveitou  facto de haver greve para ir, no tempo que lhe resta para que acabe a paralisação dos barcos e do metro e regressar a casa, dar uma volta pelos Centros Comerciais, só para ver as montras, porque dinheiro, esse, tem pouco e está caríssimo!

Sem comentários: