Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 21 de março de 2011

MAIS DIAS

Hoje, e esta semana, comemoram-se uma data de dias e semanas mundiais.

O Dia da Poesia, que se estreia hoje e se prolonga pela semana, o Dia Mundial da Árvore e da Floresta, e que coincide com o Ano Internacional da Floresta, e a Semana da Água.

Se a Água, a Árvore e a Floresta têm de muito (tudo!) em comum, a Poesia associa-se muito bem a esta tríade.

Os poetas cantam a Natureza, falam das águas cristalinas das fontes, da sombra fresca das árvores na floresta, cantam odisseias marítimas... Uma boa associação, uma excelente conjugação!

E a festa da poesia, esta semana, tem muitos eventos marcados por todo o lado, muitos mesmo...

É sinal que as letras e a poesia continuam a marcar a nossa vida.

Mas porque é, acima de tudo, o Dia da Poesia, não resisto a transcrever uma do nosso Pessoa, "heteronimozado" de Álvaro de Campos:

Tenho uma grande constipação

Tenho uma grande constipação,
E toda a gente sabe como as grandes constipações
Alteram todo o sistema do universo,
Zangam-nos contra a vida,
E fazem espirrar até à metafísica.
Tenho o dia perdido cheio de me assoar.
Dói-me a cabeça indistintamente.
Triste condição para um poeta menor!
Hoje sou verdadeiramente um poeta menor.
O que fui outrora foi um desejo; partiu-se.

Adeus para sempre, rainha das fadas!
As tuas asas eram de sol, e eu cá vou andando.
Não estarei bem se não me deitar na cama.
Nunca estive bem senão deitando-me no universo.
Excusez du peu... Que grande constipação física!
Preciso de verdade e de aspirina.

E quem não precisa de verdade? E quem não precisa, também, de aspirina?

1 comentário:

Anónimo disse...

Aspirina, temos quase todos. E verdade?