Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 24 de março de 2011

CAMPO

CAMPO

"ESTOU SÓ NOS CAMPOS
A DOCE NOITE MURMURA
A LUA ME ILUMINA
CORRE EM MEU CORAÇÃO UM RIO DE FRESCURA
DE TUDO O QUE SONHO MINHA ALMA SE APROXIMA"


(Sophia de Mello Breyner Andresen - Obra Poética - Livro Sexto - I - Coisas)


De tudo o que sonho será que a minha vida se aproxima?

3 comentários:

Anónimo disse...

Entre política e a Semana da Poesia, optou por Sophia... O Sr.é um "very special Doctor". Os meus respeitos.

Anónimo disse...

O espelho e os sonhos são coisas semelhantes, é como a imagem do homem diante de si próprio. ;)

Maria Helena Cruz disse...

Tudo o que o Ser humano almeja,
Se, acreditar “mesmo”consegue.
Até mesmo os sonhos.
O difícil é acreditar

Mas há sempre momentos em que o sonho se concretiza e se liga á alma