Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

MADE IN CHINA

Carregou na tecla e nada. Nem um "pi", nem uma mudança de imagem, nem uma vibração.

Estranho, aquilo não funcionar! Tinham-lhe dito que nunca se avariava, garantidamente! Tinha acabado de o receber! Mas a verdade é que não funcionava! O visor apagado, as teclas sem som, nada... como um ser inanimado.

Bem, ser não era, porque não era um ser vivo, era mesmo um objecto, feito na China - "made in China" - uma cópia perfeita do original, as mesmas etiquetas, as mesmas nervuras, o mesmo software. Não havia diferenças. Apenas o toque, ao tacto, notava-se que era de qualidade diferente, não tinha aquele toque macio e suave do original, mas um sentir ligeiramente mais áspero. De resto... não havia diferença. A não ser o facto de estar avariado, agora, precisamente na altura em que ia precisar dele... Bolas!

O problema é que não tinha como mandar reparar, tinha encomendado pela net, tinha vindo pelo correio e fora-lhe entregue em casa. 

Resolveu ir à loja do original, a contar o problema, mas fazendo de conta que lho tinham oferecido, vindo  dos Estados Unidos. O recepcionista observou-o, ligou o pequeno botão lateral e abriu normalmente, aquele "tlá lá lim" (ou não fosse chinês) de abertura, o visor colorido a mostrar aquela fotografia da Grande Muralha, e as teclas a fazerem o "pi" característico. 


Tão simples, aquele botão ali de lado, não tinha reparado nele... também nunca tinha lido as instruções... é que vinham em chinês! 

1 comentário:

Anónimo disse...

E se os seres humanos também tivessem um livrinho de instruções?Como a vida de todos nós seria harmoniosa...