Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 8 de março de 2012

DIA DA MULHER

Passa hoje o Dia Internacional da Mulher.

De certeza que se vão lembrar as Mulheres célebres, que se vai falar da Margaret Tachter e do filme sobre ela, da Florbela Espanca e do filme sobre a sua vida que estreia hoje, os mais sensíveis à poesia e às artes vão falar, sempre, de Sophia e do seu mar, da Amália e do seu Fado Património, da Vieira da Silva ou da Paula Rego e da sua pintura, os que se prendem mais com os caminhos da solidariedade e da espiritualidade irão recordar a Madre Teresa e a Virgem Maria... e irão ser lembradas muitas outras mulheres que marcaram e deram exemplos de sensibilidade, de tenacidade, de espírito de sacrifício, de coragem, de sabedoria e de tanta coisa mais.

Todas estas mulheres passam pelo nosso espírito e pela nossa lembrança, assim como as mães, as mulheres e companheiras, as amigas, as colegas...

Mas hoje, porque é o Dia Internacional da Mulher,  lembro particularmente as mulheres que não são célebres, que não vêm nos jornais, que não são faladas por serem isto ou aquilo.

Lembro as Mulheres anónimas que, com o seu trabalho, a sua dedicação, o seu empenho, a sua luta, o seu equilíbrio, o seu amor e carinho constituem o garante de um mundo mais humano, mais fraterno e justo.

O meu OBRIGADO a TODAS as MULHERES!


3 comentários:

Anónimo disse...

Eu sou uma das mulheres que refere e, por isso, obrigada pela ternura reconhecida!

beijos
Berta

Carlota Pires Dacosta disse...

Obrigado pela lembrança.
Assinado: Uma Anónima famosa na minha casa, eheheh
Beijinho

PS: Amanhã é dia de ir beber um cafezinho à praça

MJ FALCÃO disse...

Também agradeço,pela parte que me toca... Gostei do seu desenho.