Ocorreu um erro neste dispositivo

sexta-feira, 9 de março de 2012

AS MIMOSAS

Já estão por todo o lado faz algum tempo!

O seu amarelo, inconfundível, pintalga a serra, criando ilhas e arquipélagos no meio do verde, e perfila-se ao longo das bermas das estradas criando um contraste forte com o negro do alcatrão.

(do autor)

Este ano, devido às condições deste clima sem chuva, que nos tem castigado, as mimosas perderam o viço e são menos abundantes e exuberantes, quer na cor, quer na desenvoltura. O amarelo vivo e forte, tornou-se um amarelo mais seco e mortiço.

Também os espirros que as mimosas costumam provocar se transformaram, este ano, em recatados assoares de lenços e em fungadelas pouco convincentes.

Oh Tempus, oh Mores!

3 comentários:

Anónimo disse...

Ainda bem que as mimosas vieram mais calmas. É que as alrgias destroem o mais resistente dos mortais!
Beijos
Berta

Carlota Pires Dacosta disse...

E ainda bem que vieram fraquitas. Mesmo assim noto comichão no nariz.
Tenho que me precaver.
Sou uma má doente, eheh
Beijinho

MJ FALCÃO disse...

POis é... Nem sempre a beleza traz coisas "só" boas...
Mas eu adoro as mimosas!
Venho deixar um selo no seu blogue: um prémio que me foi oferecido e lhe ofereço por minha vez...
Até pelas mimosas!
Pode ir “retirá-lo” quando quiser.
Abraço amigo