Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 9 de maio de 2012

PREGUIÇA

A manhã pedia cama, o dia não tinha nada para fazer e, àquela hora, de sol acordado e garantido, os pés podiam ficar juntos mais um tempo, num diálogo sossegado e mole, numa conversa de gestos e toques, num entender feito de cumplicidade e ternura...

(reprodução de um quadro - Pés, de Pietrina)


... numa preguiça macia e doce!

.

1 comentário:

Anónimo disse...

quantas vezes não são, esses, os melhores diálogos que se têm pela manhã?