Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 29 de janeiro de 2012

DESABAMENTO

Às vezes, tem dias em  que o mundo parece querer desabar em cima de nós.

E não precisa acontecer um naufrágio como o do Costa Concórdia, ou um desmoronar como o daqueles prédios no Rio de Janeiro. A semelhança apenas se resume ao inesperado, ao tudo parece bem que, de um instante para o outro, tudo se transforma: um jantar que acaba num barco salva-vidas, um sono que morre debaixo de uns escombros, ou um sonho cheio de cor que se transforma num negro pesadelo, ou um bem-estar aparente que se converte em indisposição e em dor.

Pois é, tem dias assim!

 




1 comentário:

Anónimo disse...

Mas dos pesadelos e dos sonhos acorda-se e, às vezes, da vida não. É tão difícil sobreviver...
Beijos
Berta