Ocorreu um erro neste dispositivo

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

CLANDESTINO

No começar da manhã, ainda as horas estavam a acordar, ela veio, chegou-se junto a ele, abraçou-o e deixou-lhe, na sombra de um recanto e escondido de olhares, um beijo doce e terno, um beijo curto, um beijo cheio, um beijo rápido, um beijo de amor, um beijo feito fuga,  um beijo de entrega, um beijo clandestino...



1 comentário:

Joana disse...

Muitas vezes esses são os melhores beijos...