Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 25 de junho de 2013

RESTOS


Restou aquela, já meia desmanchada, quase desnudada, mas ainda capaz de seduzir com a sua cor, com o seu perfume, e ainda com um restinho de charme, aquela vespa faminta...

Até há bem pouco tempo cobriam os campos de um amarelo solar, luminoso, brilhante... Agora, flor única, de cor desbotada, parece o resto de um coto de vela amarelecida de pavio apagado.

Uma vida que vai terminando, mas ainda de pé, aparentando dignidade e alguma sobranceria...






(DO AUTOR - OS RESTOS...)



2 comentários:

Anónimo disse...

Por isso é que não gosto do verão!
Ivone Oliveira

Anónimo disse...

Que bonito!
Anna Kelly