Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 21 de julho de 2011

FAINA

Saiu cedo, o sol acabara de despontar, mas tinha que ser, era a rotina do dia a dia, a rotina do viver.

Rotinas dos homens daquele mar, vidas da pesca que lhes dá o sustento.

As redes preparadas, o isco acondicionado, o café bebido, a bucha para ser comida já no mar.

(Ilha da Culatra - Manhã cedo - 21 de Julho de 2011)
Depois a faina de lançar a rede,  de colocar as boias sinalizadoras, e está na hora de regressar ao pesqueiro da noite e, mais uma vez, na sua rotina, recolher as redes, guardar o peixe e voltar. 

A lota cheia a prometer um bom dinheiro.

E, de novo, logo, ao fim da tarde, tudo a recomeçar...

Sem comentários: