Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 28 de julho de 2011

ADEUS ANTÓNIO

(Foto retirada do Facebook de Judite Sachicumbi)


Partiu esta manhã. Silenciosamente, sem incomodar ninguém.

Partiu como sempre se conduziu na vida, com discrição... não quis avisar da partida, para não incomodar, apenas se foi.

Mas esta partida silenciosa causou um barulho enorme de surpresa, de tristeza e, já, de imensa saudade nos seus amigos.

Tinha vindo para Lisboa, nos princípios deste mês que está agora a terminar, para que a recuperação e a reabilitação se fizessem da melhor maneira, no Alcoitão.

Viemos no mesmo avião. A Judite, a sua mulher, a seu lado; ele na maca, mas de olho bem aberto. Trocámos olhares, falei para ele e respondeu-me com uma lágrima a escorrer emoção.

Hoje de manhã já não era!

Não era, mas vai ficar sempre na nossa memória, no nosso coração e vai encher as nossas vidas de muita saudade.

Deixo aqui os meus sentimentos à Judite, à GRANDE MULHER que esteve SEMPRE ao lado do seu HOMEM, do seu GRANDE HOMEM.

QUE DESCANSE EM PAZ!!!

No BLOGGETROTTER de 8 de Julho, dedicado ao ANTÓNIO SACHICUMBI, hoje, duas pessoas, dois anónimos, escreveram, cada um, o seu comentário que aqui deixo: 
Anónimo disse...

Que descanse em paz! vou ter saudades! até sempre!
Anónimo disse... 
 
Hoje é um dia triste para todos os que tiveram o privilégio de conhecer o Dr. Sachi. Estou muito triste, mas também sei que os últimos meses não foram viver, mas sim sobreviver; mas enquanto havia vida, havia esperança e agora não há nada! Até sempre Dr. Sachi. Nina
 
(O PICO AVISTADO DA CIDADE DA HORTA - ILHA DO FAIAL -  AÇORES - 7/7/2011)
ANTÓNIO SACHICUMBI, deixo aqui a paisagem que avistavas da Ilha que escolheste para viver e que, diariamente, enchia o teu olhar!

Leva-a contigo!



1 comentário:

BLOGGETROTTER disse...

Recebi, de pessoa amiga, este texto de Vinícius de Moraes que aqui transcrevo:

"Se eu morrer antes de você, faça-me um favor. Chore o quanto quiser, mas não brigue com Deus por Ele haver me levado. Se não quiser chorar, não chore. Se não conseguir chorar, não se preocupe. Se tiver vontade de rir, ria. Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão. Se me elogiarem demais, corrija o exagero. Se me criticarem demais, defenda-me. Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, mostre que eu tinha um pouco de santo, mas estava longe de ser o santo que me pintam. Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo. Se falarem mais de mim do que de Jesus Cristo, chame a atenção deles. Se sentir saudade e quiser falar comigo, fale com Jesus e eu ouvirei. Espero estar com Ele o suficiente para continuar sendo útil a você, lá onde estiver. E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase : ' Foi meu amigo, acreditou em mim e me quis mais perto de Deus !' Aí, então derrame uma lágrima. Eu não estarei presente para enxuga-la, mas não faz mal. Outros amigos farão isso no meu lugar. E, vendo-me bem substituído, irei cuidar de minha nova tarefa no céu. Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha na direção de Deus. Você não me verá, mas eu ficaria muito feliz vendo você olhar para Ele. E, quando chegar a sua vez de ir para o Pai, aí, sem nenhum véu a separar a gente, vamos viver, em Deus, a amizade que aqui nos preparou para Ele. Você acredita nessas coisas ? Sim??? Então ore para que nós dois vivamos como quem sabe que vai morrer um dia, e que morramos como quem soube viver direito. Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo. Eu não vou estranhar o céu . . . Sabe porque ? Porque... Ser seu amigo já é um pedaço dele !
Vinícius de Moraes