Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 13 de julho de 2011

A ESPUMA DO MAR

(Moledo do Minho - 30/05/2011)

"As ondas quebravam uma a uma
Eu estava só com a areia e a espuma
Do mar que cantava só para mim."

Sophia de Mello Breyner Andresen - Obra Poética - Dia do Mar - Sem título

Sem comentários: