Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, 15 de dezembro de 2012

LAREIRA


É só o que apetece hoje: LAREIRA!

Lá fora o vento uiva, a chuva fustiga, o frio incomoda e só dentro de casa, enrolado na velha manta de tecido escocês e recostado no sofá amarelo, bem junto ao lume forte e crepitante da lareira, é que apetece estar. 

A música vai fluindo do velho gira-discos de vinil libertando a sonoridade dos acordes de Cole Porter que vão enchendo a sala de leitura de agradáveis e quentes melodias. O livro, esse, faz de companhia, assim como o Porto Vintage servido no cálice do Siza Vieira...


(DO AUTOR - A LAREIRA ACESA NESTE DIA DE CHUVA)


.

4 comentários:

Anónimo disse...

Prof. vou levar este aconchego!!!! Beijinho
Henriqueta Martins

MJ FALCÃO disse...

Bom serão, com certeza!

Anónimo disse...

Gosto muito.
Beijinho
Maria De Lourdes Silva

Anónimo disse...

Lindo texto!
Beijos.
Rita Rosário