Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, 20 de outubro de 2012

AFIRMAÇÃO

Foi encontrá-lo, quase perdido no meio de nada, no profundo do Alentejo, depois de um longo caminho a pé, difícil de percorrer.

Forte, erecto, rígido, determinado, a apontar o céu, a mostrar pujança, a mostrar aos homens que, naqueles tempos da pré-história, a afirmação não precisava de subterfúgios, de comprimidos azuis, ou de outra coisa qualquer.

Testemunho solitário de uma virilidade que quase parece esquecida!

(DO AUTOR - MENIR DOS ALMENDRES - ÉVORA)


.

1 comentário:

Anónimo disse...

Portugal conquistou-me...

Ana Hertz