Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 31 de maio de 2011

SIMETRIA

A noite estava escura. Era lua nova! Uma noite tranquila, sem vento, feita de silêncios, pacífica.

Deu-se conta da imobilidade do ambiente ao passar nos claustros: sem sons ou ruídos, sem um cair de folhas das árvores, com a água do tanque completamente lisa, a fazer o espelho perfeito, a criar simetrias únicas...

(Salvador da Bahia. Convento do Carmo - 2009)
Momentos de paz, de meditação, de reflexão...


2 comentários:

Anónimo disse...

Queria tanto conhecer esse país jovem e mágico que é o Brasil...

Beijos

Anónimo disse...

Todos aqui são sempre bem-vindos!
Há calor humano para aquecer, alegria para embriagar-se, e esperança que faz sonhar dias sempre melhores.
Assim somos nós, os brasileiros.