Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 30 de maio de 2011

O NASCER DO DIA

É sempre lindo o nascer do dia, principalmente quando o céu está limpo, quando a atmosfera está transparente, quando os olhares estão despertos...

(Acordar no Alentejo - Abril de 2011)
Mas hoje o céu acordou cinzento, cheio de chuva grossa, a encher as ruas de água, sem Sol que se visse.

Por isso se foi buscar este Sol, para aqui, para dar cor à monotonia parda do dia.

Que tenha sido bom...


2 comentários:

Anónimo disse...

O nascer do dia. Sempre uma mão cheia de minutos a estrear! Gosto dessa sensação de novidade eterna...

Beijos

Maria Paz disse...

A primeira vez que assisti ao nascer do sol foi a caminho de Estremoz, tinha que ir de madrugada, e o sol começou a nascer quando ia nas proximidades de Abrantes... Maravilha.