Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, 16 de novembro de 2013

ROMÃS



Dizem que, originariamente, vêm do Oriente próximo e da Ásia Menor... Também há quem afirme que o seu país de nascimento é o Irão... Os árabes chamam-lhe "rumman", os portugueses passaram a chamar-lhe romã, e o nome ficou.

Não são um fruto, mas uma infrutescência... E, como nos tempos dos Romanos, as melhores romãs vinham de Punica (era assim que os Romanos chamavam a Cartago) e porque têm muitos grãos (dizem que são 613, o mesmo número que os mandamentos do Torah, dos judeus!) Lineu classificou-as com o nome Punica granatum

Também dizem que a cidade de Granada, passou a chamar-se assim devido ao facto de haver muitas romãzeiras por aqueles sítios...

As romãs estão associadas a muitos episódios bíblicos: os 12 espias judeus que foram enviados à Terra Prometida voltaram carregados de romãs; havia muitas romãzeiras nos jardins do rei Salomão...

Estão, também, associadas às paixões, ao casamento, à fecundidade, à riqueza, assim como são o símbolo de uma boa saúde e de longa vida. E porque a romã se remata por um cálice em forma de coroa, como a de um rei, é tradicionalmente comida no dia de Reis e é também chamada de "fruta" rainha.

Possuem muitas propriedades medicinais e são muito ricas em anti-oxidantes, atrasando o envelhecimento, para além de serem pobres em calorias...

O tempo delas é agora, o tempo dos frios, do Natal, dos Reis... 

Só falta que amadureçam um pouco mais...


(DO AUTOR - ROMÃS DA QUINTA DA PROSA)


4 comentários:

Anónimo disse...

O pior é mesmo descascá-las... Beijinhos!
Ana Amaral Marques

Anónimo disse...

Foi muito curioso tudo o que contou acerca da romã. Só sabia o aspecto nutritivo.Mas não gosto....Bom fim de semana.
Ivone Oliveira

Anónimo disse...

Desconhecia esses pormenores associados à romã, pelo que agradeço tenha contribuído para o aumento da minha cultura geral. Mais uma fez nos mimoseou com um produto outonal, muito bem representado por uma excelente fotografia.
Maria Luísa Silva

Anónimo disse...

Há uma maneira muito fácil de descascar: com uma faca grande faz-se um golpe na casca em volta de toda a romã, faz duas metades, depois pega na faca na parte do bico e com o cabo vai batendo na casca para dentro dum prato. Os grãos saltam todos num minuto, é muito giro fazer isso e melhor ainda comer com açúcar.
Cesaltina Morgado