Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

MEDRONHOS


Parecem árvores de Natal, os medronheiros...
 
Uma árvore, não muito grande, mas robusta e densa... com os ramos cheios de folhas bem verdes e recortadas... e, à medida que se aproxima Dezembro e a época do Natal, a árvore vai-se decorando, em simultâneo, com pequenas flores brancas, em forma de campânula, e frutos, redondos, como se fossem bolas coloridas, pintalgando a árvore com a sua cor dominante de vermelho.

Assim que o frio começa a descer da serra os medronhos começam a crescer e a amadurecer, passando do verde pálido, pelo amarelo rosado até chegar ao vermelho bem vivo... e a impregnar a mata de um cheiro inebriante e adocicado...

Mais um dos encantos da minha Serra e do meu lugar...

(DO AUTOR -  MEDRONHOS)


6 comentários:

Anónimo disse...

Boa noite Dr. um dia quando esperava pelas professoras que estavam dando aulas na escola João de Deus, em C. Branco. Comi e roubei um rebento. Este ano já como medronhos. Saborosos e madurinhos.
Silvina Correia Candeias

Anónimo disse...

Aguardente de medronho é optima .Em pequena comia medronhos que o meu pai me trazia do campo,e gostava imenso.
Madalena Sim Sim

Anónimo disse...

Não se pode comer muitos....Mas são uma delicia quando madurinhos.
Maria de Lourdes Silva

Anónimo disse...

Dr. Que maravilha. Quando se descia pelo Salão Frio quase até a Ribeira de Nisa, de um lado da estrada era um quadro inesquecível de tons e sabores, pois provei muitos. Uma delícia.
Orquídea Vintém Tavares

Anónimo disse...

Acredita que não me lembro de alguma vez ter comido medronhos?
Ivone Oliveira

Anónimo disse...

Estão lindos, bem contrastantes com a folhagem verde que os emoldura!
Maria Luísa Silva