Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 26 de novembro de 2013

AMANHECER



Os amanheceres, ali, são sempre diferentes... ora acordam com a luz brilhante do Sol a reflectir o oiro nas águas do rio, ora se encontram no meio de uma bruma densa que aconchega as águas como se fosse uma manta de angorá ou, ainda, despertam cheios de uma chuva persistentemente molhada...

Prefiro aqueles, como os de hoje, em que a luz ténue se vai espreguiçando pelo espelho das águas mansas, avivando suavemente as cores da paisagem circundante...


(DO AUTOR - AS ÁGUAS SERENAS QUASE AO ACORDAR DO DIA)

2 comentários:

Anónimo disse...

Linda foto que traz paz ao espírito e deleite para os olhos...
Maria Luísa Silva

Menina Marota disse...

Boa noite.
Descobri por acaso este blogue e adorei as fotos e os instantâneos de escrita descritiva de cada uma.
Gostaria de partilhar algumas delas nos meus blogues mas não descobri o nome do autor. Será possível identificá-lo?
Obrigada.
É pena ter parado o blogue. Gostei muito.