Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 5 de novembro de 2013

EXPRESSÕES



Passara a noite na má vida... atrás das gatas... tinha sido um verdadeiro ver se te avias... ficara de barriga cheia... agora, claro, como não tinha tido tempo para pregar olho, o cansaço era tal que já nem podia com uma gata pelo rabo...

Aproveitou o sol curto da manhã e, sem pensar duas vezes, enrodilhou-se em si mesmo e não fez mais do que passar pelas brasas...

Fechou assim, com chave de ouro, uma noite de arraso!




(DO AUTOR - PASSANDO PELAS BRASAS - CASTELO DE VIDE)


2 comentários:

Anónimo disse...

Há vidas felizes!

Ana Lacerda

Anónimo disse...

Ainda não chegou Janeiro...
Maria de Lourdes Silva