Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 29 de julho de 2012

VIDA DE GATO

Deixou-se ficar em cima do muro, pachorrento, naquela modorra que a tarde quente exigia! 

Apenas abriu um olho no momento do disparo da fotografia.

(DO AUTOR - GATO ALENTEJANO)
E por ali ficou o resto do dia, com ar de fidalgo, com ar de quem gosta de olhar de cima, em completa mordomia...

Vida boa, a vida de gato... 

1 comentário:

Anónimo disse...

Muito bom! Em poucas palavras, o recado dado!
Beijinhos, lola