Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 3 de julho de 2012

LUA CHEIA


(DO AUTOR - A LUA CHEIA HOJE)




"Amor! Anda o luar, todo bondade
Beijando a Terra, desfazendo-se em luz...

..."


(Florbela Espanca - Nocturno)



"Sou eu, Florbela! Aquele que buscaste.
Falam de mim Teus versos de Menina.
Tua boca p'ra mim se abriu, divina,
mas foi só o Luar que Tu beijaste.

..."

[Sebastião da Gama - Florbela (Em sua memória)] 




"...
 Poisa as mãos nos meus olhos, com carinho,
Fecha-os num beijo dolorido e vago...
E deixa-me chorar devagarinho..."

(Florbela Espanca - Nocturno)




.

2 comentários:

Anónimo disse...

Como é que conseguiu esta fotografia? Com telescópio?
Bela Lua, gorda, manchada como deve ser...
Bjs
Berta

Anónimo disse...

Dois seres que seriam incompatíveis mas que souberam, aqui, dialogar!
Bjs
LM