Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 15 de julho de 2012

CAMINHANDO SOBRE FACES

O projecto começou por uma série de fotografias de rostos de voluntários, 1870 mais precisamente, aos quais era pedido que imitassem uma de três expressões propostas, todas com os olhos fechados.

Fizerem-se outras tantas fotografias a preto e branco, impressas em quadrados de madeira, que ficaram dispostos no chão da Sala Gótica.

Caminhando sobre Faces é um trabalho artístico, reflectivo, cheio de força, em que o autor - Bernardi Roig - pretende dar uma visão horizontal, neste caso de cabeça baixa, num espaço enorme, de uma sala gótica, onde o que domina é uma visão vertical feita de colunas, janelas e portas e que, quase imperativamente, obriga as pessoas a olharem para cima.

O desafio proposto era, precisamente, modificar a forma de olhar, ou seja, ao entrar naquele local, em vez de se olhar para cima - para as colunas, para o tecto, para as portas e janelas -, sugestionar a visão a dirigir-se para baixo, de modo a olhar o chão e caminhar sobre aquelas caras, fazendo caretas, de olhos fechados...

(DO AUTOR - LA LLOTJA - WALKING ON FACES - BERNARDI ROIG)
(DO AUTOR - LA LLOTJA - WALKING ON FACES - BERNARDI ROIG)
 Não são mais do que uns que olham de cima para baixo, como se olhassem os seus próprios pés, de olhos bem abertos, num olhar horizontal, que olha caras de olhos fechados que, por não verem, não podem olhar...

O desafio foi conseguido!

 .

3 comentários:

Anónimo disse...

Muito interessante!
Obrigada pelo envio. Não conhecia o artista Bernardi Roig.
Beijinhos, lola

Anónimo disse...

Na ânsiado olhar para cima, quantas vezes nos esquecemos do olhar para os nossos pés, para sabermos os caminhos que pisamos?
Bjs
LM

Anónimo disse...

E não fez impressão pisar aquelas caras todoas? por isso estão com a expressão tão angustiada ou assustada!
Bjs
Berta