Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 6 de outubro de 2013

RUBRO


Persistiu...

Ficou agarrado ao pé que lhe deu vida...

Cresceu botão, abriu flor, gotejou néctar, deixou que as abelhas lho levassem e fosse polinizada, deu fruto, bem verde e duro...

Com tempo, a seiva, o sol e os calores encheram-no, avermelharam-lhe a pele, adocicaram e amadureceram o pomo e ficou um belo fruto, lá no alto do arbusto onde mãos gulosas não conseguiram chegar...

E ali ficou... persistente, rubro... esperando... 


(DO AUTOR - A PERSISTÊNCIA RUBRA NUM OUTONO DE CASTANHOS - EM GUILFORD)




5 comentários:

MJ FALCÃO disse...

Porque a vida é rica e cheia de coisas belas! Para quem souber ou quiser olhar! Lindo fruto vermelho neste Outono...
Um abraço
(e Guildford é uma maravilha, não é?)

Anónimo disse...

Histórias do Outono...
Um blog cheio de sensibilidade!
Maria João Falcão

Anónimo disse...

São um mimo as suas notificações.
Henriqueta Martins

Anónimo disse...

Um tom contrastante com a maioria das cores outonais. Uma observação sempre atenta da natureza!
Maria Luísa Silva.

Anónimo disse...

Uma foto que promete vida, renovação.

Ana Lacerda