Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

CINCO HORAS...


Pelo menos era assim que indicava aquele relógio de sol, em tarde soalheira... a hora ideal para um chá...

Mas hoje não lhe ia apetecer, nem chá verde, nem preto...

Pensava, antes, numa mistura que associasse o chá verde, sempre cheio de antioxidantes, a uma infusão de limão, gengibre e mel... É que a garganta, ainda combalida da constipação de há dias, iria beneficiar daquela mistura quente e adstringente, tomada em goles curtos e a deslizar suavemente pela goela abaixo, até se aninhar, quietinha, no estômago...

E, à medida que ia bebericando a infusão de aromas e sabores, a garganta ia ficando mais macia, menos agarrada e irritada... A voz perdeu aquele tom meio rouco e, até, aclarou...  

Ainda bem que não chovia àquela hora, e o sol não estava coberto por nuvens, quando olhou para o relógio... se não, como iria saber se já estava na hora do seu "five'o clock tea...?"  




(DO AUTOR -  RELÓGIO DE SOL NA PONTE VECCHIO -  FLORENÇA)

1 comentário:

Anónimo disse...

Lembro-me bem deste relógio. A fotografia está linda!
Ivone Oliveira