Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 10 de abril de 2013

RISCOS NO CÉU


Quantas viagens? Quantos sonhos? Quantos destinos? 

Riscos brancos num céu azul, cruzando-se em rotas determinadas, em linhas traçadas e bem definidas.

De longe vêm, para longe vão... Depois das partidas, das horas de vôo, ansiadas chegadas...

E lá no alto, riscando de branco, o azul do céu...


(DO AUTOR - CRUZANDO OS CÉUS DO ALENTEJO)


Sem comentários: