Ocorreu um erro neste dispositivo

sexta-feira, 26 de abril de 2013

JACUZZI MATINAL




Passavam ali uma boa parte da manhã... em mergulhos suaves, lavares de penas cuidados, arrulhos sociais e de intimidade, descontraídos, relaxados...

Sempre que um partia, outro chegava. Também não havia lugar para mais... e a lotação esgotava-se num instante...

Do lado de dentro da janela, sentado à mesa do pequeno almoço, entre uma dentada no scone barrado com doce de amora, um gole no capuccino  a transbordar de espuma polvilhada de chocolate e um olho nas notícias do jornal,  ele olhava através do vidro grosso apreciando aquele original e esvoaçante jacuzzi matinal...


(DO AUTOR - HORA DO BANHO)



















1 comentário:

Anónimo disse...

Delícia...
Ana Hertz