Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

ABANDONADA



Faz pena ver a Serra tão cheia de abandono, tão triste de solidão e com tanta degradação... 

De cada vez que se aventura nos seus passeios solitários, pelos caminhos da Serra, vai deparando com, cada vez mais, casas abandonadas, algumas em ruína total. 

Uma realidade cada vez mais presente!

À medida que os velhos habitantes vão partindo, as portas vão-se fechando e as casas, pelo abandono,  vão-se degradando. De princípio ainda vem algum familiar, para buscar o que resta, para entaipar as janelas, ou dar um jeito nas telhas do telhado. Depois, ao fim de algum tempo, ninguém mais volta! Os filhos, na procura de melhor vida, já andam por longe, nas cidades, ou lá por fora e já não querem mais regressar às suas origens.

E, assim, a Serra vai-se enchendo destas ruínas abandonadas, desprezadas, tristes e isoladas.

,


(DO AUTOR - O ABANDONO NA SERRA)



.

5 comentários:

Anónimo disse...

Pois é... infelizmente!! Não lhe oferecem condições, nem vida para ficarem... é muito triste...
Joana Menano

Anónimo disse...

Em cada palavra uma verdade gosto!
Maria de Lourdes Silva

Manuel Poppe disse...

Meu Caro Raul, sim, faz pena. Eu também tenho a "minha" serra, a da Estrela. Faz pena ver o Interior abandonado. Faz pena ver tudo abandonado. Faz pena ver Portugal abandonado. Um abraço.

Anónimo disse...

É uma tristeza, realmente, ver o estado de degradação a que os campos e respectivas casas chegaram. Os mais novos debandaram, rumo às grandes cidades, à procura de melhor vida. Mas será que a encontraram?... Alguns voltarão ainda, tenho esperança disso e veremos de novo a nossa serra "ressuscitada"... Gostei da sua abordagem ao tema, Doutor.
Maria Luísa Silva

manécas Martins disse...

E eu choro!!É tudo o que posso fazer...