Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

PÔR DO SOL

Todos os dias há um pôr-do-sol. 

A verdade é que nem sempre nos damos conta do momento em que acontece, não só porque se dá todos os dias, mas também porque, raramente, estamos disponíveis para observar o acontecimento.

E, se o fenómeno do ocaso é, por si, repetitivo, tem a particularidade de nunca ser igual, mesmo quando é visto do mesmo lugar, da mesma janela e sentado na mesma secretária... Seja porque o céu está limpo ou está com nuvens, seja porque o céu está mais azul ou mais avermelhado, seja porque os olhos que o vêem, naquele momento estão mais alegres ou mais tristes, seja porque seja...

O pôr-do-Sol, desta vez, ficou bem vermelho, da cor do dia quente que esteve, e riscado no ar pelo voo rápido e imprevisível das andorinhas atrás do jantar...

(DO AUTOR - PÔR DO SOL NO ALTO ALENTEJO)

3 comentários:

Anónimo disse...

O entardecer é sempre mágico. Lindo texto e fotografia! Bjs
Rita Rosário

Anónimo disse...

Lindo!
Ana Perestrello

MJ FALCÃO disse...

Tão bonito!