Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 7 de junho de 2012

HYDE PARK

É sempre bom passear em Hyde Park, percorrer as margens do  Serpentine, passar ao lado do Peter Pan, tirar fotografias aos irrequietos esquilos e acabar a travessia do outro lado da rua, no Old Swan. As pie são maravilhosas! E a cerveja escorrega bem!

Mas atravessar o Park não é simples... há um quase imenso percurso a caminhar, seja por estradas alcatroadas, seja por veredas, seja por caminhos de areia, seja atravessando os sempre magníficos greens que, nesta altura do Jubileu, se encontram ainda mais verdes e viçosos, como se prestassem uma homenagem à Rainha. Depois, o atravessar implica várias paragens para umas fotos, para apreciar o trote elegante dos cavalos montados por bem vestidos cavaleiras e cavaleiros, para tomar um chá e comer scones num dos  pavilhões junto ao lago, para dar uma volta num barco a remos em pleno Serpentine e navegar juntos aos cisnes que passeiam, nesta altura do ano, atrás da sua cauda, uma fiada de patinhos feios, para apreciar as muitas estátuas dispostas pelo Park e procurar a Fada Sininho, junto à estátua do Peter Pan, e sobretudo, ficar-se estático e encantar-se com a vivacidade tremenda dos esquilos que calcorreiam, com a sua irrequietude, todo aquele espaço do parque.



(Do AUTOR - EM HYDE PARK)
Demora algum tempo este percurso de encanto e, quando atravessamos os portões de saída, o apetite já é devorador. O que vale é que, do outro lado da rua, no Old Swan, as pies e as pastas satisfazem, por completo, os mais famélicos estômagos. Se o dia promete, nada melhor do que, na esplanada, apreciar a comida e o calor do sol.

Agora, com as festas do Jubileu, em Hyde Park, os concertos abundam, as pessoas sentam-se nos anfiteatros de relva em deliciada escuta, pequenas orquestras vão enxameando os mais variados recantos do parque, enchendo de "music in the air", aquele espaço espaço único da cidade de Londres, sempre em festa e a abrir portas, já, aos Jogos Olímpicos...


.

3 comentários:

Anónimo disse...

Londres foi a Cidade onde, alguma vez, fui verdadeiramente feliz. A pequena estátua do Peter Pan, em Hyde Park, encheu os meus sentires de magia e encantamento.
Pena quando, por nossa culpa, tudo se desfaz...
Obrigado por me fazer recordar as saudades!
Bjos
LM

Anónimo disse...

Londres é uma cidade fascinante. Deixa-nos sempre com água na boca.
E agora, com o Jubileu e com os JO à porta deve estar um assombro!
Que sorte ter aproveitado o fim de semana!
Bjs
Berta

annie hall disse...

Este teu Hyde Park consegue ser cativante em todos os momentos . Logo ao amanhecer quando em geral todos os relvados e a superficie do lago estão cobertos de neblina , durante as horas de movimento quando se enche de gente de todas os cantos do mundo , pelo entardecer , naquelas horas em que Londres leva imenso tempo a despedir a luz do dia .