Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 1 de julho de 2013

O CAMINHO FAZ-SE CAMINHANDO


"Caminhante, as tuas pegadas
São o caminho e nada mais;
Caminhante não há caminho,
O caminho faz-se ao andar.

Ao andar faz-se o caminho
E ao olhar-se para atrás,
Vê-se a senda que jamais,
Se há-de voltar a pisar.
Caminhante não há caminho,
Somente sulcos no mar."

António Machado (Sevilha  1875 - França 1939) - Cantares - O Caminho Faz-se Caminhando.


(DO AUTOR - CAMINHANDO NO CAMINHO ROMANO A CAMINHO DE VILAR DOS MOUROS)





3 comentários:

MJ FALCÃO disse...

Lindo poema! Goso muito de António Machado! Estivemos em Porto Covo uns diazitos. Ajudou ao repouso dos internéticos.
Abraço grande!

Anónimo disse...

Belíssimo...
Ana Hertz

Anónimo disse...

E' na nossa frente que os caminhos se abrem, que os objectivos se atingem. O olhar para trás significa uma fraqueza, uma quase desistência de abrir novos rumos. Linda a foto que ilustra o texto e que nos incentiva a prosseguir caminho.
Maria Luísa Silva