Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, 6 de julho de 2013

O CARACOL


Não se trata do molusco, com a casa às costas, que larga baba por onde vai passando e põe os palitos ao sol. A verdade é que, aqui nos Açores, o sol não abunda tanto como as nuvens e, se estas ilhas têm as quatros estações num só dia, como soi dizer-se, o tempo de sol é sempre bem menor que o de sombra, incluindo a noite, é claro!
 
Mas este Caracol é um quase monumento, situado na baía do Fanal, junto à praia da Silveira. Numa das suas extremidades, para o lado poente, ergue-se uma estrutura cónica helicoidal, como a casca de um caracol, que tem, actualmente, a função de miradouro, com uma excelente vista sobre o Monte Brasil, e que funcionou, nos tempos do ciclo da laranja, como torre de vigia dos barcos que se aproximavam da costa para carregarem as laranjas, permitindo aos agricultores locais colher os frutos e, atempadamente, encaminhá-los para o porto a fim de serem embarcados.  
 
E. em dias de boa visibilidade, avista-se a ilha de São Jorge e, por detrás dela, o piquinho da Ilha do Pico, o ponto mais alto de Portugal...



(DO AUTOR - O CARACOL DA SILVEIRA, QUASE ESCONDIDO OU CAMUFLADO POR METROSIDEROS)

Sem comentários: