Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 19 de maio de 2013

A COLETA


Não lhe faltavam elegância, garbo, donaire, personalidade...

Passeava-se solitário pelo lago redondo, às voltas, sem pressas, de cabeça bem levantada e olhar atento, sem pestanejos...

Chamou-lhe a atenção pelo tufo de penas atrás da nuca, bem redondo, como um pompom, um carrapito...

E foi, naquele cenário redondo, a lembrar uma arena, que lhe veio à imagem a figura singular de um toureiro, com a sua pose assumida, o modo de se deslocar num ziguezaguear discreto e, sobretudo, aquele pom pom a lembrar a coleta...

Só faltavam o touro, a muleta e a espada....



(DO AUTOR - A COLETA)




3 comentários:

Anónimo disse...

Uma bela imagem,Raul (nos dois sentidos).Obrigada.
Ivone Oliveira

Anónimo disse...

Que maravilha, Raul.
Ana Hertz

Anónimo disse...

Perfeito! Criativo e bonito. Beijinhos, lola