Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

DEVAGAR



(DO AUTOR - NO JARDIM AO ANOITECER)




"Devagar no jardim a noite poisa
E o bailado dos seus passos
Liberta a minha alma dos seus laços,
Como se de novo fosse criada cada coisa."

Sophia de Mello Breyner Andresen - Devagar no jardim - Poemas escolhidos.






.

Sem comentários: