Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 24 de setembro de 2013

OUTONO


Já chegou o outono!
 
Chegou quente como o verão, trouxe o sol e trouxe a lua e mais o vento suão, mas logo a seguir trouxe nuvens e chuviscos, trovoadas e coriscos, e vai enchendo a minha rua das folhas das árvores, que agora se vão despindo...

E chegou bem, a marcar a estação, a lembrar o novo ciclo da vida redonda, que é a nossa, a recomeçar com os verdes amarelados, com os vermelhos castanhos, com o fresco das manhãs, com as neblinas das tardes, com a manta dos aconchegos...

São as vindimas, a azeitona, os lagares, o cheiro do vinho novo, o fumegar das lareiras, os ouriços e as castanhas, os cogumelos a brotar...

As tardes são agora mais curtas, as noites vão ficando mais longas e os ventos e os frios vão-se aproximando...

Sabe bem ver chegar assim o Outono... 



(DO AUTOR - UMA VARANDA FLORIDA NA PRIMEIRA NOITE DE OUTONO - ÉVORA) 


3 comentários:

Anónimo disse...

...as vindimas....o fumegar das lareiras....os cheiros......tão bom!
Cristina Torres

Anónimo disse...

Aconchegaste a minha alma e eu, que nada gosto do outono, ate me apetece que mais depressa chegue!!!
Maria João Pinto Carvalho

Anónimo disse...

Lindoooooooooooooooo
Marion Mac Dowell