Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, 14 de setembro de 2013

BANDOS



Tem sido assim, ao despedir de cada dia...

Aparecem aos bandos, são dezenas... centenas... Às voltas, pelo ar, num frenesim louco, numa orgia desvairada, atrás dos insectos, da comida, do jantar, num chilrear incessante...

E, assim como apareceram, também desapareceram... 

Ficou a fotografia! 



(DO AUTOR - ANDORINHAS PELO AR)



1 comentário:

MJ FALCÃO disse...

As andorinhas são imprevisíveis... Sempre gostei de as ver chegar a Portalegre. Até tivemos vários ninhos na casa da Rua dos Canastreiros (rua 31 de Janeiro...)...
Bom domingo!