quarta-feira, 21 de março de 2018

O DIA DO PAI!

O meu filho André manifestou-me a sua satisfação por hoje ser o dia do PAI com estas palavras escritas no Mesenger:

"Feliz dia do Pai!
Amo-te. És um exemplo, um orgulho, um professor, um grande apoio, um amigo. És o meu pai."



Foi uma boa, ou a melhor, maneira de começar o dia.
Tenho pena de Hoje não poder dizer a mesma coisa ao MEU PAI.

Ele que, se fosse vivo, teria festejado os 100 anos no passado dia 13! E, não foi por ele não estar connosco que não deixámos de comemorar a passagem do seu centésimo aniversário... sem bolo, sem espumante, sem velas, mas com a melhor expressão da saudade que, ELE, todos os dias nos deixa... lembrámos o seu sorriso, as suas quadras, os textos que ia deixando aos filhos, os seus escritos, o seu amor imenso pela minha Mãe, que na agonia do seu viver, se associou às recordações, às memórias e deixou escorrer uma lágrima à saudade que sente por ele.

De qualquer modo, sem a presença física, mas com a lembrança bem viva recordo e festejo este dia com alegria por tudo o que o meu Pai nos soube transmitir, pela sua maneira de viver, pelo seu exemplo, pelo seu entusiasmo, pela sua bonomia, pelo sorriso, pela boa disposição, pela forma como tratava, bem, as pessoas, pela dedicação aos filhos mas, sobretudo, pelo amor imenso que tinha pela nossa Mãe!

Lá, onde estiveres, PAI, recebe o nosso beijo, meu e das minhas irmãs e também da MÃE que todos os dias pensa e fala de ti!

E, lá de cima, vai deitando o olho a ver se tudo está bem!

Beijos, meu PAI!

Sem comentários: